Sobre Valinhos

cidade de Valinhos

Valinhos é uma cidade brasileira do estado de São Paulo. Possui uma área de 148,96 km². Valinhos está localizada estrategicamente na Região Metropolitana de Campinas.

Conhecida como a capital do figo roxo, hoje também é lembrada pela grande produção de goiaba,o município tambem é lembrado quando se fala do compositor,cantor e ator Adoniran Barbosa,nascido nesta cidade no dia 6 de agosto de 1910.Adoniran Barbosa é um grande ídolo deste município até hoje pela a sua historia,um dos artistas mais consagrados e de referencia quando se fala em,samba,fez historia na cidade de São Paulo(capital) com a composição da musica trem das onze ,onde também faleceu no dia 23 de novembro de 1982.

História

O primeiro marco na história de Valinhos registra a concessão de uma sesmaria a Alexandre Simões Vieira no dia 2 de dezembro de 1732, que foi outorgada pelo presidente de São Paulo, Antônio Luís de Távora, o conde de Sarzedas. Conta a história que Alexandre Simões Vieira abriu um caminho novo de Jundiaí aos Goiases, tendo como paragem um ribeirão chamado Pinheiros. Este trajeto novo tinha por objetivo substituir o então caminho da Vila de Jundiaí até a paragem chamada Campinas do Mato Grosso, por este ser ruim e muito longo. Até então, o caminho era conhecido como Estrada de Goiás e passou a ser bastante utilizado a partir de 1722, com a descoberta de ouro em Goiás.

O Pouso de Pinheiros, pelos registros históricos, foi o primeiro marco oficial de uma área dentro do atual município de Valinhos e, conforme os historiadores, teve existência quase centenária. Segundo o professor Mário Pires, em seu livro “Valinhos: Tempo e Espaço”, a localização deste chamado Pouso de Pinheiros provavelmente é o atual bairro Capuava, o qual o historiador considera a “célula mater” de Valinhos.

No período em que a sesmaria foi outorgada, Campinas ainda era chamada de bairro de Mato Grosso das Campinas, pertencente ao município de Jundiaí. Em 1741, Francisco Barreto Leme, juntamente com sua família, fixou-se na região e deu início a um povoado. Em 1774, o então bairro de Jundiaí foi elevado à categoria de Distrito e, em 16 de novembro de 1797, Campinas tornou-se município.

A partir daí, não se sabe precisar quando foi fundada a vila de Valinhos. Porém, na área onde está localizado o município hoje, já naquele período se constatava o desenvolvimento através de grandes fazendas. A fazenda Dois Córregos, hoje bairro Dois Córregos, pertenceu ao brigadeiro Luís António de Sousa Queirós, tido como o homem mais rico da capitania, que chegou a possuir, só em Campinas, dezesseis engenhos de açúcar, e ainda pertenceu a Joaquim Policarpo Aranha, barão de Itapura, também abastado fazendeiro em Campinas.

O tráfego ferroviário pela Companhia Paulista de Estradas de Ferro de Jundiaí a Valinhos teve início em 28 de março de 1872. Com a precariedade das estradas, as cargas sendo transportadas no lombo de mulas e burros, os trens passaram a ter grande importância, servindo inicialmente para o transporte das sacas de café em grãos, com destino ao Porto de Santos.

Conforme relato do historiador Benedito Otávio, em 1907, ao inaugurar-se a a Cia. Paulista, o tráfego ainda era pequeno na Vila de Valinhos, crescendo após a lei de 13 de maio de 1888, que extinguiu a escravidão. Com a abolição, havia falta de mão-de-obra e os primeiros imigrantes italianos começaram a chegar em 1888, dando um novo impulso à agricultura.

As inúmeras fazendas cafeeiras, que proliferavam em toda a região, motivaram a construção da ferrovia. Em 28 de maio de 1896, a pequena, mas próspera vila de Valinhos foi elevada à categoria de Distrito de Paz, que utilizava as mesmas divisas do Distrito Policial, criado em 1893, para definir os limites do novo distrito.

No dia 30 de dezembro de 1953, o governo do estado promulga a lei 2456, criando o município de Valinhos. A primeira eleição acontece no dia 3 de outubro de 1954, sendo eleito Jerônymo Alves Corrêa o primeiro prefeito, com 1832 votos. O município é oficialmente instalado no dia 1º de janeiro de 1955, quando tomam posse o prefeito e os 13 vereadores.

Educação

A Cidade de Valinhos conta com 100 escolas públicas, 25 particulares, uma faculdade com 7 cursos superiores e 17 cursos de pós-graduação e escolas técnicas (SESI , SENAI e Escola de Comércio).

No ensino médio Valinhos possui uma escola entre as melhores instituições do Brasil. No ENEM 2008 o Colégio Etapa (particular) ficou em 18º lugar entre as escolas do país.Outro grande colégio de São Paulo é o Colégio Visconde de Porto Seguro.

Saúde

A cidade conta com um hospital filantrópico (Santa Casa de Misericórdia); o Centro de Atendimentos de Urgências e Especialidades (CAUE), que é considerado um mini-hospital; 15 unidades básicas de saúde; uma farmácia pública, que distribui 140 tipos de medicamentos, um centro público de fisioterapia e um laboratório de análise clínica.

Para homenagear a comunidade de moradores desta maravilhosa cidade, o Encontra São Paulo criou o Encontra Valinhos.

Blog do Guia da Cidade Valinhos

Receba notícias por e-mail
Cadastre-se e receba notícias de Valinhos por e-mail
 

 

Cidades de SP: Limites - Cidades Vizinhas

Campinas, Morungaba, Itatiba, Vinhedo e Itupeva

Dados Principais sobre a Cidade de Valinhos

Aniversário: 30 de Dezembro
Fundação :
1953
Gentílico:
Valinhense
Área:
148,528 Km²
População
106,968 hab. (2010)
IDH 0,842 - elevado
Prefeitura Valinhos

Brasão de Valinhos
Brasão de Valinhos

Bandeira de Valinhos
Bandeira de Valinhos

Vídeo sobre a cidade de Valinhos
Veja mais vídeos sobre a Cidade de Valinhos

Mapa Valinhos

 

Moradores ilustres de Valinhos

 

   
  Sobre o EncontraValinhos
Fale com EncontraValinhos
Anuncie no EncontraValinhos
Cadastre sua Empresa no EncontraValinhos (grátis)


Termos EncontraValinhos | Privacidade EncontraValinhos